A sistematização de experiências: um método para impulsionar processos emancipadores

A sistematização de experiências: um método para impulsionar processos emancipadores.

Livro Completo: http://bit.ly/2jmCRpV
Todo Design do Sul: https://goo.gl/4pJu9f
Convidados a conversar em: https://www.facebook.com/groups/disenosdelossures/
” neste material aborda-se a sistematização de experiências como método para operacionalizar à educação popular, propondo desde a experiência educativa do cepep, a utilização deste método como uma estratégia central de aprendizagem em programas de formação concebidos a partir desta abordagem educativa emancipador, favorecendo a educação. Entre outras coisas, a aprendizagem e a construção social de conhecimentos, a partir da própria prática ou experiência dos e participantes com o propósito de redirecionar para a transformação da realidade ” (p. 8-9).
William a. Capô s et al (210). A sistematização de experiências: um método para impulsionar processos emancipadores. © Cooperativa Centro de estudos para a educação popular (cepep). Livro Oficina ao cuidado de Belém arteaga, Heitor Bello, Manuela capota, Marcos veroes, Reinaldo Chinês Romero, Simão capota e William Capota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *